O “amor” não se mede às SMS’s (ou mede?)

O “amor” não se mede às SMS’s (ou mede?)

(…espero bem que não, que isto por cá está pelas ruas da amargura! )
Tive um choque hoje! Não é que eu ainda não tivesse reparado, mas ainda não tinha parado para pensar nisso.
A casa da minha sogra está em arrumações e pinturas, e como sempre que estas coisas acontecem nas casas, lá se encontram grandes pérolas do passado! E desta vez fomos encontrar um livro que eu fiz ao D. no dia em que fizemos 1 ano que andávamos.
Um livro com a transcrição de um ano de SMS’s trocadas. Adorámos rever as coisas que dizíamos há 7 anos atrás e, principalmente, a quantidade e a extensão das mesmas. São 72 páginas de SMS’s, a maioria delas com várias linhas de frases meladas!
De um salto, pego no meu telemóvel para ver as ultimas mensagens trocadas. O choque! Uma média de uma mensagem por mês nos últimos 3 anos. 85% delas com conteúdos como “Cheguei”, “Estou à Porta”, “O que precisas do supermercado?”; 10% fotografias dos nossos filhos e 5% mensagens queridas, mas curtas, ao género do “Dorme bem” e “love u”.
Quando é que isto começou a correr mal?
Este ano, está decidido, vou-me dedicar mais às SMS’s cor-de-rosa! É que não custa nada e sabe tão bem!
M.

10 Comments

  1. “Dá-le”!!!!

  2. Muito bom…e uma ideia tão gira ;) )

    • Obrigada Ana! A ideia é giríssima, pena é só dar para fazer 1 ano! ahahah!

  3. Bem lembrado …..

    obrigado
    bjns
    Raquel

    • Obrigada Raquel! Vamos lá começar a mandar mais mensagens queridas! :)

  4. Menos mal, pensava que esse problema era só comigo!
    E não te queixes, ao menos tens mensagens estilo ” o que precisas do supermercado” eu só tenho do tipo “compra-me espuma de barbear”!

  5. =)
    Até fiquei com vontade de enviar uma mensagem!

    • E então? FORÇA! :) :):):)

  6. lembro-me disso…..que giro! Agora mais vale escreveres msgs “no computador”, ou seja emails… mais facil… para depois não teres de “passar a limpo” :)

    • Lolol! Pois foi, viviamos juntas quando fiz isso! Podes crer, agora nem dá tempo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Categories