Ao engraçadinho que inventou os ovos da Páscoa…

… e que ainda lhe enfiou uns dinossauros dentro!
Cá estamos na Páscoa! Este ano infelizmente não tão solarenga como queríamos, mas o que interessa é que cá estamos todos juntos e bem dispostos como sempre! Morro de saudades destes dias ao estilo jardim-zoológico-e-fé-em-Deus. Cansam mas enchem a alma! A alma e as costuras que o Cabrito, o pão de ló, as amêndoas e os chocolates só fazem estragos. Estragos estes ainda maiores este ano, já que a falta de sol nos dá a não verdadeira sensação de que ainda falta muito para o Verão.
Para o S. não há nada melhor que um fim-de-semana no Porto com os primos! Ainda para mais quando junta primos, brinquedos e chocolates! Andou excitadissimo com a escolha dos ovos e com a chegada da Páscoa.
“Mãe, a Páscoa é hoje?” “Não, é amanhã!”| “Mãe, a Páscoa já chegou?” “Não, é amanhã.”
“S. o que é a Páscoa?” “É a mãe do coelhinho que põem os ovos do dinossauro.”
Nem sei por onde hei-de começar a por tudo em pratos limpos.
Mas parafraseando a sms mais querida que recebi hoje de um Tio muito especial: “O importante é o que interessa! by Tomas Abreu”.
M.
PS – À avó Ana, as minhas maiores desculpas pela aquisição dos tais ovos de chocolate. Já percebi porque é que não foi boa ideia. É que tapetes e ovos não combinam, pois não.