Posts made in April, 2013

Mae, afinal só vou embora amanhã!

Mae, afinal só vou embora amanhã!

Que bom que é ir passar uma semana a casa da mae! Aproveitando uma semana fora do D., fiz malas e bagagens e fomos os 3 rumo ao Porto, para casa dos meus pais. Que bem que me sabe passar lá uma semana! Comida fantástica, ajuda ajuda ajuda, tempo para trabalhar e miminhos, muitos!
Mesmo não sendo os meus Pais, aqueles avós cheioooos de tempo e disponibilidade para os netos, a ajuda é tãooo bem vinda…
Foram dias de muito sol, o que fez desta semana uma semana em cheio.
Em cheio principalmente para a minha mãe que sei que adorou ter-nos lá, mas que quando lhe disse no Domingo: “Afinal só vou amanhã!”, deixou escapar um “Sóoooo!”
Agora fiquei para aqui a pensar: Será que a minha mãe gostou tanto como eu?
M.

Read More

E quando fazemos 83 anos o que mais desejamos?

E quando fazemos 83 anos o que mais desejamos?

Não sei, porque como saberão ainda nao estou lá perto (mas para lá caminho se Deus quiser!). Mas confesso que isto nunca me tinha passado pela cabeça!
Este Sábado o meu sogro fez 83 anos. Preparámo-nos para o almoço da festa e quando lá chegámos, ao primeiro sorriso do menino dos anos íamos caindo para o lado!
Sim, aparelho nos dentes! E sim, por uma questao puramente de estética! E sim, sao elásticos azuis! E sim, sem contar nada a ninguém!
Que maravilha! Achei a coisa mais deliciosa… Achei fantástico uma pessoa querer, apesar da idade, cuidar-se e mimar-se como se tivesse 30 anos.
O Pai do D. desde sempre revelou o orgulho que tinha nos seus dentes e em como eram perfeitinhos quando era mais novo. Quis a idade que se alterassem ligeiramente, mas nao ganhou a guerra!!! E muito bem! Os meus parabéns Tio!
M.
Ps – quando for grande quero ter brackets cor de rosa!

Read More

Já não vou a tempo, mas ainda assim!

Já não vou a tempo, mas ainda assim!

Pois, acabei de descobrir, com 18 minutos de atraso, que foi o dia dos Irmãos! Não posso passar esta oportunidade para dizer mais uma vez à minha irmã, o quanto a acho feiosa e ranhosa, mas que acima de tudo que a ADORO!
Acredito e espero que todos os irmãos sintam isto! Eu tenho a sorte de sentir: A minha irmã é do que de melhor tenho na minha vida. A minha primeira amiga e para a vida! Sem ti, tudo isto não tinha metade da graça!
Obrigada Néné.
Ps – podes chorar um bocadinho quando leres isto, que ainda assim eu continuo a ser a mais gira!
M.

Read More

Categories